Filippo Monteforte / AFP
Filippo Monteforte / AFP

Álbum póstumo de Ennio Morricone será lançado em novembro e terá canções inéditas

Obra de maestro italiano, morto em julho aos 91 anos, tem 7 trilhas mais desconhecidas e experimentais

Ansa, Redação

19 de outubro de 2020 | 11h21

Um novo álbum do maestro italiano Ennio Morricone, que morreu no dia 6 de julho, aos 91 anos, será lançado no próximo dia 6 de novembro, informaram as gravadoras Decca Records e CAM Sugar nesta sexta-feira (16).

Chamada de Morricone Segreto ("Morricone Secreto", em tradução livre), a obra contará com sete trilhas sonoras inéditas do compositor, criadas entre as décadas de 1960 e 1980. A produção do álbum foi feita por Pierpaolo De Sanctis.

A escolha das canções focaliza nas composições mais desconhecidas e mais experimentais de Morricone, segundo explica o CEO da CAM Sugar, Filippo Sugar, à revista Variety.

"Nós trabalhamos em trilhas sonoras de filmes que tiveram menos sucesso, mas isso não quer dizer que a música seja menos importante. Não se trata do Morricone de Era Uma Vez na América ou do Três Homens em Conflito. A ideia foi de entender porque, até hoje, Morricone é tão bem considerado nos círculos musicais que estão bem distantes daqueles das trilhas sonoras, como na música eletrônica, hip hop ou rock", acrescentou.

O lançamento também ocorre poucos dias antes do aniversário do artista, que completaria 92 anos em 10 de novembro. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Ennio Morriconemúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.