Stan Honda/AFP
Stan Honda/AFP

Alan Alda, astro de 'M*A*S*H', revela ser portador de Parkinson

"Decidi revelar que tenho Parkinson para encorajar outras pessoas a tomar uma atitude", afirmou em um post no Twitter

AFP

31 Julho 2018 | 12h00

O ator Alan Alda, que estrelou o seriado cult dos anos 70 M*A*S*H, revelou nesta terça-feira que é portador da doença de Parkinson. Alda, de 82 anos, informou que foi diagnosticado com este distúrbio do sistema nervoso central há três anos e meio.

"Decidi revelar que tenho Parkinson para encorajar outras pessoas a tomar uma atitude", afirmou em um post no Twitter. "Minha vida é plena. Eu atuo, dou palestras, faço meu podcast", acrescentou. "Tenho aulas de boxe três vezes por semana, jogo tênis duas vezes por semana, e tomo apenas uma pílula".

"E não me encontro em um estado de demência. Não sou mais demente do que era antes", disse ainda. "Se você tem esse diagnóstico, se mexa!"

++ Neil Diamond anuncia aposentadoria dos palcos após diagnóstico de Parkinson

Em uma entrevista ao programa CBS This Morning, Alda disse que o único sintoma que ele experimentou até agora foi um tremor em seu polegar.

Além de M*A*S*H, Alda também é conhecido por sua participação na premiada série política The West Wing e foi indicado a Oscar pelo filme O Aviador.

Mais conteúdo sobre:
Alan Aldasérie e seriado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.