Patrick T. Fallon|The New York Times
Patrick T. Fallon|The New York Times

'Ainda se julga muito pela cor da pele', diz Iñarritu

Mexicano levou o Oscar de melhor diretor

O Estado de S.Paulo

29 de fevereiro de 2016 | 02h15

Alejandro G. Iñarritu venceu o Oscar de direção pelo segundo ano consecutivo, desta vez por O Regresso. O mexicano, que no ano passado levou a categoria por Birdman, é o terceiro diretor a conseguir a façanha na história da premiação, ao lado de John Ford e Joseph L. Mankiewicz. 

Inãrritu fez um discurso politizado, dizendo que é um privilégio receber um prêmio como esse em um universo onde "ainda se julga muito pela cor da pele". Este também é o terceiro Oscar para um diretor mexicano já que em 2014, o Oscar foi para Alfonso Cuarón por Gravidade

O Regresso narra a história de Hugh Glass (Leonardo DiCaprio), um explorador que é atacado por um urso e abandonado por seus companheiros de expedição, mas cujo desejo de vingança lhe leva a sobreviver e empreender uma odisseia de centenas de quilômetros para encontrar os homens que o traíram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.