Darryl Dyck/The Canadian Press via AP
Darryl Dyck/The Canadian Press via AP

Agora é a hora de rever todo 'Star Wars'

Enquanto não sai a nova temporada ‘The Mandalorian’, é possível se divertir com os melhores momentos da saga

David Betancourt, The Washington Post

28 de março de 2020 | 05h00

Lembra do final de 2019, quando você ficou desapontado com Star Wars: A Ascensão Skywalker? Sim, eram tempos muito mais fáceis.

Agora, nessa quarentena, temos o catálogo completo de Star Wars ao alcance. E com a nova temporada de The Mandalorian não retornando antes do fim de setembro, rever os melhores momentos dessa galáxia distante em um ou dois bons serviços de streaming não parece uma má ideia. Especialmente para aqueles que ao assistirem a Ascensão Skywalker sentiram uma perturbação na Força.

Aqui está o melhor do universo de Star Wars, na ordem em que você deve assistir:

– A trilogia original (iTunes, NOW, Google Play, YouTube, Vivo Play, Sky Play)

Há melhor maneira de começar a assistir a Star Wars do que vendo a trilogia original ? Episódio IV: Uma Nova Esperança, Episódio V: O Império Contra-Ataca e Episódio VI: O Retorno de Jedi. Da destruição da Estrela da Morte a Eu sou seu pai, os clássicos não perderam o brilho.

– As duas primeiras prequelas (iTunes, NOW, Google Play, YouTube, Vivo Play, Sky Play)

As prequelas estão longe de serem amadas, mas o sucesso de Star Wars: A Guerra dos Clones – a série de animação que ocorre entre os episódios II e III – acendeu uma luz sobre a riqueza desse universo. Assista a Episódio I (para a corrida de naves e o maior duelo de sabres de luz em live-action de todos, entre Darth Maul, Obi-Wan Kenobi e Qui-Gon Jinn) e Episódio II. Mas antes de se jogar no episódio III, assista...

– Star Wars: A Guerra dos Clones (Disney Plus)

Se você adiou esta série porque acha que a animação não pode competir com o live-action quando se trata de Star Wars, está subestimando-a. Há batalhas espetaculares com sabres de luz e a versão mais heroica de Anakin Skywalker.

Também somos apresentados a Ahsoka Tano, aprendiz de Padawan de Anakin, que se tornou uma das personagens mais populares de Star Wars.

– Episódio III: A Vingança dos Sith (iTunes, NOW, Google Play, YouTube, Vivo Play, Sky Play)

Uma história de amor trágica. A queda para o lado obscuro da força. O duelo entre Anakin Skywalker e Obi-Wan Kenobi. E o nascimento de uma lenda: Darth Vader começa aqui.

– Star Wars Rebels (Disney Plus)

Rebels, que acontece cinco anos antes de Episódio IV: Uma Nova Esperança, é outra (de várias) opções animadas de Star Wars na Disney Plus. Embora talvez não seja tão aclamada como A Guerra dos Clones, a série ainda tem momentos imperdíveis, como um duelo de sabres de luz entre Ahsoka, que não é mais um garoto, e seu ex-mestre jedi Anakin, que já é Darth Vader há um bom tempo neste momento.

– Rogue One: Uma História Star Wars (iTunes, Google Play, Youtube)

Não importa se você acha que Rogue One: Uma História Star Wars, um filme que termina um pouco antes dos momentos de abertura do Episódio IV, é uma produção independente de Star Wars ou não. Ela termina com o melhor momento de Darth Vader no filme. 

– Han Solo: Uma História Star Wars (iTunes, Google Play, Youtube)

Han Solo: Uma história Star Wars mostrou o breve retorno de um dos personagens favoritos dos fãs, Darth Maul, ao universo cinematográfico do live-action de Star Wars após sua morte no Episódio I, um feito possível por seu renascimento em A Guerra dos Clones. Os fãs de Darth Maul só podem assistir e se perguntar o que poderia ter acontecido se as trilogias sequelas tivessem continuado.

Ainda assim, esta é a história de origem de uma lenda de Star Wars, Han Solo. E Donald Glover está ótimo como Lando. O filme vale a pena.

– Quadrinhos (Marvel Comics app e ComiXology)

Depois de um começo humilde entre os quadrinhos da Marvel e após duas décadas na Dark Horse, Star Wars retornou aos quadrinhos da Marvel em 2015, com histórias ocorrendo após a destruição da Estrela da Morte do Império. 

A série durou 75 edições, com contribuições dos escritores Jason Aaron, Kieron Gillen, Greg Pak e diversos artistas talentosos. Os destaques incluem a edição n.º 4, que mostra o retorno afetivo de Darth Vader a Tatooine, e a n.º 21, com o sargento Kreel usando o sabre de luz e seu esquadrão de elite de stormtroopers.

A atual série Star Wars da Marvel, que começou em janeiro, acontece depois que Luke Skywalker descobre que Darth Vader é seu pai. Existem outras séries explorando algumas das maiores figuras malignas de Star Wars, incluindo Darth Vader, Darth Maul e Kylo Ren. 

The Mandalorian é a próxima geração de histórias em live-action de Star Wars e Star Wars: O Despertar da Força nos deu a revelação secreta da próxima geração de Jedi, além do neto temperamental de Darth Vader, Kylo Ren. / TRADUÇÃO DE ROMINA CÁCIA

Tudo o que sabemos sobre:
Star Warscinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.