Adaptação de peça abre 1º cine Fest Brasil em Buenos Aires

13 filmes fazem parte da mostra, que tem intuito de promover o intercâmbio cultural entre Brasil e Argentina

ANSA

08 de maio de 2007 | 19h08

O filme Nossa Vida Não Cabe Num Opala, de Reinaldo Pinheiro, abrirá amanhã a primeira edição do Cine Fest Brasil-Buenos Aires, que será realizado na capital argentina até 14 de maio. Treze filmes fazem parte da mostra, que já passou por Milão, Nova York, Madri, Roma e Barcelona. Organizado pelo Grupo Inffinito, o festival acontece pela primeira vez em Buenos Aires, com o intuito de promover o intercâmbio cultural entre Brasil e Argentina. O objetivo do projeto, segundo disse a diretora do Inffinito, Adriana Dutra, é levar o cinema brasileiro aos cinco continentes. "Nossa missão é promover a exibição do material audiovisual brasileiro no maior número possível de lugares e assim fazer-nos presentes nos cinco continentes. Só falta África e Oceania", declarou Adriana. Esta primeira edição do festival exibirá filmes brasileiros recentes, selecionados por Viviane Spinelli e as irmãs Cláudia e Adriana Dutra, todas integrantes do grupo Inffinito. O filme de Pinheiro, que abrirá a mostra, é baseado na peça Nossa Vida Não Vale um Chevrolet, de Mário Bortolotto, e conta a história do pai de uma família de classe média baixa de São Paulo que morre, mas não se dá conta disso, e passa a ser espectador do desmoronamento de sua frágil estrutura familiar. Os outros filmes do festival serão: Andarilho, O Mundo em Duas Voltas, Não por Acaso, Corpo, Sem Controle, Vidas, 5 Frações de uma quase História, Alucinados, O Magnata, A Via Láctea, Mutum e Polaróides Urbanas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.