Academia embarga leilão do Oscar de Orson Welles

A estatueta do Oscar que pertenceu ao cineasta Orson Welles pelo roteiro de Cidadão Kane não vai mais ser vendida em leilão. A casa de leilões Christie?s decidiu retirar o Oscar dos lotes que serão oferecidos em um leilão de relíquias do entretenimento nesta sexta-feira, segundo informa o New York Times. O motivo da decisão é um pedido da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, a mesma que confere os Oscars todos os anos aos melhores do cinema. O valor da estatueta de Welles estava estimado em algo entre US$ 300 mil e US$ 400 mil. A expectativa pelo leilão era tanta que o Oscar de Welles estampa o folheto que divulga as relíquias à venda.A Academia protestou contra a venda afirmando que um acordo feito desde 1950 com todos os indicados prevê que caso o vencedor queira vender o Oscar, a Academia tem direito a comprar o troféu por US$ 1. O Oscar de Welles por Cidadão Kane, entretanto, foi vencido oito anos antes do acordo vigorar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.