Clayton de Souza/ Estadão
Clayton de Souza/ Estadão

Abbas Kiarostami presidirá o júri de curtas-metragens no Festival de Cannes

A brasileira Daniela Thomas também integrará o grupo de jurados

Reuters

06 de março de 2014 | 11h58

O diretor iraniano Abbas Kiarostami, Palma de Ouro no Festival de Cannes 1997 por seu filme Gosto de Cereja, será o presidente do júri da seção de Curtas-Metranges da próxima edição de Cannes, anunciaram nesta quinta-feira, 6, os organizadores da mostra.

O júri  dessa seção do festival, que será realizado de 14 a 25 de maio, terá entre os seus membros a diretora francesa Noémie Lvovsky, brasileira Daniela Thomas, o chadiano Mahamat- Saleh Haroun e o norueguês Joachim Trier.

O prêmio de melhor curta-metragem no Festival de Cannes será entregue no sábado, dia 24 de maio, durante a cerimônia de premiação.

Kiarostami , que os organizadores do festival definem como um dos "maiores cineastas do cinema contemporâneo", será também o presidente da Cinéfondation , que destina a três filmes feitos por estudantes de cinema de todo o mundo um prêmio que será apresentado em 22 de maio.

O cineasta iraniano, diretor de filmes como Através das Oliveiras, Cópia Fiel e Onde está a Casa do Meu Amigo?, sucede à neozelandesa Jane Campion, única mulher premiada com a Palma de Ouro, por O Piano (1993), e próxima presidente do júri da mostra principal, que este ano comemora sua 67ª edição .

Tudo o que sabemos sobre:
Festival de CannesAbbas Kiarostami

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.