A vida dos outros

Quinze documentários que falam (bem e mal) do jeito de viver de alguém que você conhece

23 de outubro de 2009 | 12h09

.

Da música: Tom Zé e Martinho da Vila estão em Tom Zé Astronauta Libertado (foto) e O Pequeno Burguês - Filosofia de Vida. O compositor Camargo Guarnieri ganhou Notas Soltas sobre um Homem Só. Os Mamonas Assassinas, Mamonas Pra Sempre (o Doc).

 

Veja também:

linkImagens do seu desejo

linkCompre o genérico

linkMusa francesa, fantasma austríaco

linkPontos no mapa

linkEm caso de emergência

linkConsulte um especialista

linkNão fuja do assunto

linkPode esperar

linkOuça quem faz

 

Do contra: Amigos e admiradores contam como era o jornalista Paulo Francis em Caro Francis. Chacretes, calouros e músicos relembram as loucuras do apresentador Chacrinha em Alô, Alô, Terezinha (foto). E A Raça Síntese de Joãosinho Trinta fala do carnavalesco.

 

Do esporte: Fã de futebol, o diretor bósnio Emir Kusturica (de Underground) filmou de perto um de seus ídolos, o argentino Diego Maradona (Maradona, na foto). Já Tyson é um retrato do ex-pugilista Mike Tyson, que fala da carreira polêmica.

 

Da cena: Vencedor do prêmio de documentário no Festival do Rio, Dzi Croquettes (foto) fala do debochado grupo carioca de dança dos anos 70. O ator José Lewgoy tem as várias fases de sua carreira dissecadas em Eu Eu Eu José Lewgoy. E Flávio Rangel - O Teatro na Palma da Mão é sobre o diretor paulista.

 

Do cinema: Marcos Andrade seguiu David Lynch quando ele esteve aqui e o resultado é Transcendendo Lynch (foto). Alê Primo fez o mesmo com Roman Polanski. Amir Labaki preferiu o dinamarquês Jorgen Leth (ídolo de Lars Von Trier), tema de 27 Cenas sobre Jorgen Leth.

 

Ouça quem faz

 

A roteirista Vera Egito (À Deriva) achou Aconteceu em Woodstock "um Ang Lee leve". Prefere Os Famosos e os Duendes da Morte, de Esmir Filho.

 

Marcelo Gomes (diretor de 'Viajo Porque Preciso, Volto Porque te Amo') não vai perder Ervas Daninhas, de Alain Resnais, e Shirin, de Abbas Kiarostami.

 

Renata Pinheiro (que levou o seu curta SuperBarroco a Cannes) acha que Tokyo!, com episódios dos "diretores visionários" Michel Gondry, Leos Carax e Bong Joon-Ho, põe lado a lado três construções visuais interessantes. E está curiosa para ver Hotel Atlântico, em que fez a direção de arte.

 

O ator Gero Camilo gostou da atuação dos colegas Gustavo Machado (em O Amor Segundo B. Schianberg) e Marat Descartes (em Os Inquilinos).

Tudo o que sabemos sobre:
mostrasp2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.