Biônica Filmes
Biônica Filmes

'A Viagem de Pedro', de Laís Bodanzky, vence prêmio de melhor filme em Amsterdã

Protagonizado por Cauã Reymond, longa retrata a travessia que d. Pedro fez do Brasil para Portugal; veja o trailer

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2022 | 15h11

O longa A Viagem de Pedro, escrito e dirigido pela cineasta Laís Bodanzky, foi o grande vencedor do estival Septimius, em Amsterdã. A cerimônia, realizada na terça, 7, que concedeu o troféu de filme americano à produção, reconhece o trabalho de novos talentos e ainda incentiva obras consideradas visionárias.

Em suas redes sociais, Laís comemorou o reconhecimento. "Acabamos de ganhar o prêmio Best American Film no Septmius Awards que aconteceu em Amsterdã, Holanda. Um importante reconhecimento do trabalho de toda a equipe e elenco do longa A Viagem de Pedro, mas também da indústria do audiovisual brasileiro! Sem esquecer e agradecer a coprodução com Portugal!", afirmou, revelando que seu filme tem previsão de estreia para agosto aqui no Brasil. Ela destacou ainda, em seu comentário, que série "Bom Dia, Verônica também foi contemplada com o prêmio de melhor fotografia!".

 

A Viagem de Pedro tem caminho traçado para outros festivais internacionais. Ele foi exibido na segunda-feira, 6, nos Estados Unidos, no Brooklyn Film Festival, em Nova Iorque, que qualifica produções para concorrer ao Bafta, Oscar e para o Canadian Screen Awards. Participará ainda, dias 8 e 18, do Latin American Film Festival, em Copenhagen. 

'A Viagem de Pedro'

O filme protagonizado por Cauã Reymond conta uma passagem da história pouco explorada, a travessia que Pedro fez do Brasil para Portugal, em 1831, quando retorna a seu país de origem onde irá enfrentar seu irmão Miguel que usurpou seu reino. A Viagem de Pedro acompanha o ex-imperador do Brasil nessa dura trajetória cruzando o Atlântico, que será desgastante a ponto de Pedro ter de enfrentar inúmeras complicações.

Para compor a trama do filme, Laís Bodanzky mergulhou em obras que retratam aquele período e fatos vivido por Pedro de Alcântara e que contribuíram para embasar o roteiro. Como lacunas surgiram, a diretora usou a imaginação para preenchê-las, sempre com cuidado em ter como base suposições do que poderia ter acontecido.

Sinopse

O ano é 1831, e Pedro, o ex imperador do Brasil, busca forças físicas e emocionais para enfrentar seu irmão que usurpou seu reino em Portugal. O filme se passa no Oceano Atlântico, a bordo de uma fragata inglesa na qual se misturam membros da corte, oficiais, serviçais e escravizados, numa babel de línguas e de posições sociais. Pedro se vê doente e inseguro. Entra na embarcação em busca de um lugar e uma pátria. Em busca de si mesmo.

 

Elenco

Cauã Reymond (Pedro)  

Luise Heyer (Leopoldina)  

Victoria Guerra (Amélia)  

Isabél Zuaa (Dira)

Rita Wainer (Domitila)  

Francis Magee (Comandante Talbot)  

Welket Bunguê (Contra Almirante Lars)  

João Lagarto (Dom João)  

Luísa Cruz (Carlota Joaquina)  

Isac Graça (Miguel)  

Luiza Gattai (Maria da Glória)  

Dirce Thomas (Benê)  

Marcial Macome (Bukassa)                

Sergio Laurentino (Chef)  

Denangowe Calvin (Tigre)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.