A saga do anel chega ao fim com "O Retorno do Rei"

E a grande saga chega ao fim. Maisde 400 salas de todo o País começam a exibir OSenhor dos Anéis - O Retorno do Rei neste Natal. É o terceiro episódio daadaptação que o diretor neozelandês Peter Jackson fez da sériecult de J.R.R. Tolkien. O próprio Jackson já disse que não tinhaconsciência da enormidade da tarefa a que se lançava, ao aceitardirigir a série de filmes sobre Frodo Bolseiro e a sua luta paradestruir o Anel. Foram mais de seis anos inteiramente dedicadosa O Senhor dos Anéis. Dois de preparativos, 15 meses defilmagem (entre outubro de 1999 e janeiro de 2001), mais um anode pós-produção para cada filme, incluindo o direito adquirido,por contrato, de convocar os atores para filmagens adicionaispara cada episódio. Jackson dedicou sete semanas à filmagem das cenasadicionais de O Retorno do Rei, que estréia nesta quinta-feira. Foram cinco semanas com osatores e duas para refilmar parte da batalha nos campos dePelennor, especialmente as cargas de cavalaria, que não deixaramo diretor satisfeito nas cenas de batalhas. O episódio final tem3h30 de duração, meia hora a mais do que os anteriores, ASociedade do Anel e As Duas Torres. A versão do diretor paracada um dos anteriores tem de 30 a 40 minutos a mais e pode serconferida em salas especiais. Quanto terá a versão do diretorpara O Retorno do Rei? Quatro horas? Talvez seja o mínimonecessário para preencher as lacunas que os fãs da série poderãoidentificar no terceiro filme. Elas não derrubam O Retorno do Rei, porque o filme é,de qualquer maneira, grandioso - a obra máxima que o cinemão,com todos os seus recursos materiais, pode conceber e executar.Quem concebeu e executou foi Peter Jackson, um diretor obscuroda Nova Zelândia, que virou herói nacional em seu país porque,sob o impulso de O Senhor dos Anéis, não foi só o cinemaneozelandês que se desenvolveu. Jackson adquiriu o direito defilmar em seu país, gerando empregos e formando técnicos nosinúmeros estúdios e laboratórios montados para atender a umaprodução tão grande. O próprio turismo desenvolveu-seextraordinariamente e hoje se fazem excursões à Nova Zelândiapara visitar os locais onde foram filmadas as espetacularescenas de batalhas, com milhares de figurantes (que ainda tinhamde ser multiplicados no computador). Numa entrevista já assinalada, à revista francesaStudio, Jackson disse que o que o levou a filmar O Senhor dosAnéis foi o terceiro episódio. Em A Sociedade do Anel, eleapresentou a Terra-Média e os personagens ligados à história doanel que pode dominar o mundo, sendo usado para o bem e o mal. Omago Saruman quer o anel para consolidar seu poder e, para isso,convoca as forças de Sauron. Saruman representa o mito do magodo mal, contra o qual se insurge Gandalf, com seu chapéu pontudo o mago do bem. Gandalf vai convocar um hobbit pequenininho eque não tem consciência da sua grandeza para executar a difícilmissão. Frodo Bolseiro não age sozinho. Tem o apoio de trêscompanheiros, Pippin, Merrin e Sam, cuja preocupação emresguardá-lo beira a devoção. A terceira parte começa assim, como acréscimo de personagens como Aragorn, Legolas e Gimli àSociedade do Anel, formada para proteger a Terra-Média.Na segunda parte, surgem novos personagens, como oGollum, associado à busca de Frodo e Sam pela caverna na qual oanel poderá ser destruído. O Gollum é o personagem maisimpressionante de toda a série. Não é um, mas dois, vivendo oconflito das escolhas morais determinadas pela posse do anel.Foi criado inteiramente no computador, a partir daquilo que sechama de motion capture. Sensores colocados nas extremidades docorpo de uma pessoa permitem a captação do movimento, mas tudo omais é feito no computador. O Gollum só ganha a interpretação deum ator nas primeiras imagens de O Retorno do Rei. O segundofilme, As Duas Torres, no qual surgiu o Gollum, é um marco nahistória das novas tecnologias no cinema. O filme não tem começonem fim e ainda prossegue na linha introdutória e explicativa deA Sociedade do Anel. Agora, depois de seis horas depreparativos, Jackson pode chegar aos finalmentes - ou, como diz apresentar três horas de resultados, para fechar a trilogia.Foi o que o atraiu na saga toda. Ele quis contar a históriafascinado pelo que ocorria com os personagens no terceiroepisódio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.