'A Rede Social' mantém liderança nos cinemas da América do Norte

O filme "A Rede Social" assumiu o primeiro lugar nas bilheterias da América do Norte pelo segundo final de semana seguido, apesar da queda geral nas vendas de ingressos de cinema. A redução foi de cerca de 15 por cento em relação ao ano passado.

BOB TOURTELLOTTE, REUTERS

11 de outubro de 2010 | 08h30

Duas novas estreias, a comédia romântica "Juntos Pelo Acaso" e "Secretariat", ficaram com o segundo e terceiro lugar respectivamente. "Juntos Pelo Acaso" arrecadou 14,6 milhões de dólares e "Secretariat" ficou com 12,6 milhões de dólares, segundo estimativas dos estúdios no domingo.

"A Rede Social", por sua vez, arrecadou 15,5 milhões de dólares, narrando a história da fundação do site de relacionamentos na Internet, que intrigou os críticos e o público. O filme dirigido por David Fincher está levantando especulações em Hollywood sobre possíveis prêmios.

Em apenas duas semanas nos cinemas, "A Rede Social" acumulou 46,1 milhões de dólares, valor que segundo a Columbia Pictures já cobre os custos de produção, engatando o filme rumo aos lucros.

O filme da Warner Bros "Juntos Pelo Acaso", estrelando Katherine Heigl e Josh Duhamel como dois solteiros que decidem cuidar de um bebê órfão, arrecadou 14,6 milhões de dólares em 3.150 salas de cinema.

"Secretariat" conta a história de uma mulher que conquistou seu espaço no universo das corridas de cavalo dominado por homens. O filme encerrou o final de semana com 12,6 milhões de dólares em cerca de 3.200 salas de cinema.

O número dois da semana passada "A Lenda dos Guardiões", da Warner Bros., escorregou duas posições para o quarto lugar, com 7 milhões de dólares arrecadados.

Em quinto lugar ficou outra estreia, o filme de terror "My Soul To Take" em 3D do mestre da categoria Wes Craven. O filme arrecadou 6,9 milhões de dólares.

(Reportagem de Bob Tourtellotte)

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEBOXOFFICEREDESOCIAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.