David Lee/Sony Pictures Entertainment/Columbia Pictures
David Lee/Sony Pictures Entertainment/Columbia Pictures

'A Journal for Jordan' leva ao cinema lições de vida de pai para filho

Longa-metragem é dirigido por Denzel Washington e estrelado por Michael B. Jordan e Chanté Adams

Agências, Reuters

23 de dezembro de 2021 | 10h00

Ator ganhador do Oscar, Denzel Washington voltou à cadeira de diretor com o drama A Journal for Jordan, uma história de amor e lições de vida baseada no livro de memórias de Dana Canedy, vencedora do prêmio Pulitzer.

Estrelado pelo ator Michael B. Jordan, de Pantera Negra, e pela atriz Chanté Adams, de Monsters and Men, o filme conta como, depois que o noivo de Canedy, o sargento do Exército norte-americano Charles King, foi morto durante a guerra do Iraque, ela transformou um diário que ele deixou para o filho do casal em um ensaio, e mais tarde em um livro.

O filme retrata os ensinamentos que King escreveu a Jordan, à época uma criança, e a história de amor do casal.

"Li (o roteiro) e pensei 'Uau... temos algo aqui, vou dirigir isto'", disse Washington à Reuters em uma entrevista.

Jordan, que também produziu o título, disse que sua mensagem é simples: "Quero que as pessoas levem deste filme que.... através do amor, tudo é possível".

King começou a escrever o diário em 2005. A ex-jornalista Canedy, que fez parte de uma equipe do jornal New York Times que recebeu o Pulitzer de 2001 por uma série sobre as relações raciais nos Estados Unidos, publicou seu livro de memórias em 2008.

Ela disse que King ficaria comovido com o filme.

"Ele o receberia com humildade. Ficaria acanhado por causa dele e ficaria incrivelmente orgulhoso", disse Canedy, hoje vice-presidente sênior e publisher da editora Simon & Schuster.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.