Captura de tela
Captura de tela

A história das novelas será contada no documentário 'Brasileiríssima'

Dirigido por André Bushatsky, filme traz depoimentos de nomes como Lima Duarte, Susana Vieira, Tony Ramos e Glória Perez; confira o primeiro o trailer

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2022 | 15h08

Dirigido por André Bushatsky, o documentário Brasileiríssima – A História da Telenovela vai contar a história da novela na TV brasileira e tem estreia marcada para o dia 9 de junho nos cinemas. Produção ganhou trailer que traz um pouco do que será visto na tela, com depoimentos de profissionais da área, desde diretores, como Jayme Monjardim, atores, como Lima Duarte e Susana Vieira, e autores, como Glória Perez, até músicos, estudiosos e roteiristas. 

Em uma verdadeira viagem pelo tempo, Brasileiríssima refaz a trajetória da telenovela, com a exibição, entre os diversos relatos, de cenas que marcaram obras criadas ao longo da trajetória do gênero que encanta o público. "Eu fui buscar a televisão em Santos", conta Lima Duarte, um dos nomes ligados desde sempre à TV e à novela. 

A telenovela foi criada no Brasil nos anos 1950 e, de lá para cá, refletiu a sociedades das mais diversas formas, às vezes questionáveis, outras vezes celebradas. Essa caminhada de altos e baixos até os dias recentes é analisada por meio dos depoimentos colhidos para o documentário. "Durante muitos anos a novela foi referencial para muitas famílias", afirma o diretor Jayme Monjardim em seu depoimento. 

Entre os vários convidados, documentário conta com nomes como Taís Araújo, Tony Ramos, Susana Vieira, Dennis Carvalho, Jorge Fernando, Glória Perez, Aguinaldo Silva, Regina Duarte, Jayme Monjardim, Pedro Bial, Ana Maria Braga, Boni, Mário Sergio Cortella. Para Silvio de Abreu, a forma como o público acompanha o folhetim, seja no celular ou na TV, não é o mais relevante, pois "o que interessa é que você tenha uma boa história para contar".

Veja o trailer de Brasileiríssima – A História da Telenovela:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.