Disney
Disney

A estreia de 'A Bela e a Fera' foi adiada na Malásia

A Disney resolveu não exibir o filme, depois que autoridades do país censuraram uma cena gay do longa

Agências Internacionais e Estado, O Estado de S.Paulo

14 Março 2017 | 10h58

A Disney resolveu adiar a estreia de A Bela e a Fera na Malásia, depois que autoridades muçulmanas do país censuraram um cena gay do filme. Na semana passada, a Rússia classificou o longa como impróprio para menores de 16 anos por causa da mesma cena gay, a pedido de um deputado de um partido ultraconservador.

A polêmica em relação a cena gay de A Bela e a Fera, começou, quando o diretor do filme, Bill Condon, disse que ele tinha 'o primeiro momento exclusivamente gay' da história da Disney. Mas para alguns críticos, que viram o filme, a declaração do diretor era exagerada.

A Disney resolveu adiar a exibição do filme na Malásia “até novo aviso”. Em Cingapura, que fica vizinho a Malásia, o clero cristão já havia acusado a Disney de desrespeitar os “valores saudáveis e dominantes” da sociedade. Nos dois países, a homossexualidade é ilegal e a sua prática pode levar a prisão.


 

Mais conteúdo sobre:
DisneyMalásiaRússiaCingapura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.