8º Festival do Minuto abre categoria Internet

O festival da síntese está de volta. Depois de amargar um pequeno hiato no ano passado - não foi realizado por falta de patrocínio -, o Festival do Minuto retorna hoje em sua 8ª edição.Acompanhando as novidades - terá pela primeira vez uma categoria vídeo-Internet -, reunirá produções de profissionais do cinema e criações de amadores, exibindo de trabalhos caseiros em VHS até computações gráficas.Este ano com o tema O Milênio Tem Milhões de Histórias, Conte a Sua, o evento contou com mais de 600 inscrições, sendo selecionados 43 vídeos - 14 deles estrangeiros - que serão exibidos diariamente. A mostra competitiva e uma retrospectiva de anos anteriores serão exibidas na Sala Sony, do Museu da Imagem e do Som (MIS), e na Sala Lima Barreto, do Centro Cultural São Paulo, até o dia 15, além das unidades do Sesc. Ao todo, serão 60 locais de exibição."O festival é um desafio de linguagem. Muitos profissionais tentam fazer ficção, o que é difícil em 60 segundos", afirma Marcelo Masagão, criador do festival e diretor do filme Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos. "A mistura também é legal: a mostra reúne o requinte técnico de profissionais e a simplicidade e ousadia dos amadores, tudo com o apelo do descompromisso, não se gasta para fazer os filmes", conclui.Pela primeira vez, a mostra competitiva poderá ser acompanhada por assinantes da Directv, pelo canal 605, que irá apresentar ainda as cerimônias de abertura e premiação, marcada para o dia 17, às 21 h, além de dois programas de uma hora de duração com a retrospectiva dos festivais e entrevistas com quem participou das mostras, como a cineasta Tata Amaral.O festival também poderá ser conferido em centros culturais e unidades do Sesc de mais 12 Estados. Vargas e Elvis - Para a categoria Internet foram inscritos 52 filmes, 21 escolhidos serão exibidos no site oficial, onde também podem ser conferidos alguns trabalhos de edições anteriores da mostra, como o do desenhista francês Philippe Vuillemin, que participou com duas animações em 98.Entre os filmes da mostra tradicional há produções como Restricted, do norte-americano Jay Rosenblatt, com curta-metragens premiados no Sundance Festival e no Festival de Locarno, e Para Entrar na História, do documentarista carioca Bernardo Palmeiro, que traz o ator Antônio Abujamra no papel de Getúlio Vargas num encontro com Elvis Presley. Destaque também para as duas criações assinadas pelas Zoom Sisters, três donas de casa paulistanas que tinham a idéia na cabeça e uma câmera na mão: Navigare Necesse Est e A História Imita a Arte ou a Arte a História?. Este ano, a premiação total será de R$ 21 mil, cinco prêmios para a categoria principal e outros três para a categoria vídeo-Internet.Os jurados desta edição - entre eles os escritores Fernando Bonassi e José Roberto Torero, Walter Silveira, diretor de Programação da TV Cultura, e o cineasta Beto Brant - terão a companhia da votação popular. Pela Internet, o público poderá escolher os melhores trabalhos, dando aos dois mais votados um prêmio de R$ 5 mil cada.8º Festival do Minuto - Sala Sony do Museu da Imagem e do Som (Av. Europa, 158, tel.: 852-9197), até dia 15, a partir das 20 h, e Sala Lima Barreto, Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1.000, tel.: 3277-3611), de hoje a 13 de outubro, às 18h30, dias 14 e 15, às 17 h. Entrada franca. Sesc: Informações no tel.: 0800-118220. Exibição ininterrupta no canal 605 do Directv.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.