Divulgação
Divulgação

'50 Tons de Cinza' vira sucesso de bilheteria nos Estados Unidos

Longa arrecadou US$ 81,7 milhões apenas na estreia

EFE, O Estado de S. Paulo

18 de fevereiro de 2015 | 09h58

MIAMI - A esperada estreia de Cinquenta Tons de Cinza, filme baseado no best-seller de E.L. James, arrecadou US$ 158 milhões de bilheteria no mundo e US$ 81,7 milhões nos Estados Unidos, segundo dados divulgados pelo portal Box Office Mojo.

A primeira parte da trilogia erótica interpretada por Dakota Johnson e Jamie Dornan foi exibida em 3.646 salas de cinema americanas, a maior estreia de um filme com classificação indicativa "R" (Restrito) pela Associação Cinematográfica dos EUA (MPAA), o torna obrigatória a companhia de um adulto para menores de 17 anos que queiram assistir o longa-metragem.

Por esse motivo, os US$ 81,7 milhões arrecadados têm maior relevância e tornaram o filme dirigido por Sam Taylor-Johnson a quinta melhor estreia de um longa classificado "R", atrás de Matrix Reloaded (2003), Sniper Americano (2014), Se Beber, Não Case! Parte II (2011) e A Paixão de Cristo (2004).

O filme, que por decisão dos produtores estreou no fim de semana do Dia de São Valentim, começou a ser exibido em 58 mercados pelo mundo e foi o longa mais assistido em países como Itália, Argentina e Polônia, segundo o Box Office Mojo.

De acordo com o portal especializado, a arrecadação de "Cinquenta Tons de Cinza" no Brasil foi de US$ 8,9 milhões, de US$ 12 milhões na França e de US$ 21,1 milhões no Reino Unido.

No mercado americano, Kingsman: Serviço Secreto, protagonizado por Colin Firth (O Discurso do Rei), Samuel L. Jackson (Os Vingadores) e Michael Caine (Batman - O Cavaleiro das Trevas), entre outros, ficou muito atrás e arrecadou US$ 35,6 milhões.

Em terceiro lugar ficou a animação Bob Esponja: Um Herói Fora d'Água, que na segunda semana em cartaz arrecadou US$ 30,5 milhões, para um total de US$ 93,6 milhões nos Estados Unidos.

Dirigido por Clint Eastwood e indicado a seis categorias do Oscar, Sniper Americano caiu da segunda para a quarta colocação após alcançar US$ 16,4 milhões em bilheteria, o que permitiu superar os US$ 300 milhões arrecadados desde que estreou, há oito semanas.

Na quinta posição aparece O Destino de Júpiter, a nova obra dos irmãos Andy e Lana Wachowski, responsáveis pela saga "Matrix", que faturou US$ 9,4 milhões em bilheteria.

No Brasil, o longa estreou em 1.090 salas de cinemas e arrecadou 7 milhões e 90 mil reais, sendo visto por 500 mil espectadores apenas na estreia, no dia 13 de fevereiro. Em novembro, o longa Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 1 fez quase 400 mil espectadores para 1.200 salas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.