Touchstone Pictures
Touchstone Pictures

4 comédias e 1 musical inspirados em peças de Shakespeare

Esqueça as tragédias e as batalhas entre reinos. Descubra versões de filmes baseados nos textos do Bardo

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2019 | 12h00

Assim como os espetáculos montados no mundo inteiro, as peças de Shakespeare também inspiraram versões mais livres para o cinema. Em algumas produções, as referências estão mais escondidas, mas nada impede a diversão. Selecionamentos quatro filmes baseados em famosas comédias do Bardo e um musical. Confira:  

 

Cuidado com as Gêmeas (1988)

Inspirado em A Comédia dos Erros

A farsa de Shakespeare ganhou uma releitura no filme interpretado por Bette Midler e Lily Tomlin. A peça mais curta escrita por Shakespeare traz confusões provocadas por dois pares de gêmeos idênticos, todos com o mesmo nome. Bette também é conhecida por uma das bruxas de Abradacabra e Lily contracena com Jane Fonda na série Grace and Frankie

 

10 Coisas que Eu Odeio em Você (1999)

Inspirado em A Megera Domada 

Esse filme é quase um clássico. Na história, Bianca (Larisa Oleynik) quer ir a um baile mas só tem autorização dos pais se for acompanhada da irmã chata, Kat. Heath Ledger interpreta um encrenqueiro chamado Patrick que vai ajudá-la nessa missão. Na peça, o personagem é Petruchio. 

 

Alguém para Eva (2003)

Inspirado em A Megera Domada

Outra inspiração na mal-humorada Kat, a diferença aqui é que a produção traz atores negros narrar essa comédia de Shakespeare. A protagonista é Eva (Gabrielle Union), uma inspetora de saúde com a mania de controlar a vida de suas irmãs. Para ocupar a garota, os namorados das irmãs contratam Ray (LL Cool J) para conquistar a moça. 

 

Ela É o Cara (2006)

Inspirado em Noite de Reis

Na versão original, Por conta de um naufrágio, Viola se separa de seu irmão gêmeo, e se disfarça em um homem chamado Cesário. No filma, Amanda Bynes faz o mesmo para poder jogar no time de futebol masculino. O papel de Duque de Illyria, ou Duke Orsino, é de Channing Tatum, que tem seus sentimentos confundidos ao conhecer o novato.   

 

Musical

 

Amor, Sublime amor (1961)

Inspirado em Romeu e Julieta

Primeiro como estreia na Broadway, a versão de Romeu e Julieta virou filme no musical Amor Sublime Amor. No original a luta do casal apaixonado deixa os conflitos entre Montecchio e Capuleto para retratar a rivalidade entre americanos e porto-riquenhos na Nova York dos anos 1950. Maria faz parte dos Sharks, uma gangue rival de Tony, que integra os Jets.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.