Universal Pictures
Universal Pictures

'1917' ganha novo trailer em meio à grande expectativa para o Oscar 2020

Filme dirigido por Sam Mendes levou dois importantes prêmios no Globo de Ouro 2020, e agora ganha novas credencias para o Oscar

Redação, O Estado de S. Paulo

07 de janeiro de 2020 | 17h46

Um novo trailer de 1917, longa dirigido por Sam Mendes, foi divulgado um dia depois de o filme ganhar algumas das principais categorias do Globo de Ouro, no último domingo, 5. 1917 chega em 23 de janeiro nos cinemas brasileiros e contará com sessões antecipadas nos dias 18 e 19 de janeiro.

As vitórias no Globo de Ouro dão um novo ânimo para o filme na disputa pelo Oscar 2020, que terá seus indicados anunciados na próxima segunda-feira, 13.

O novo vídeo revela cenas inéditas do filme, que acompanha dois soldados britânicos em uma arriscada missão durante a Primeira Guerra Mundial.

Veja o trailer de 1917:

O crítico de cinema do Estado, Luiz Carlos Merten, já definiu o filme como um novo clássico de guerra. "Dois soldados têm de atravessar a batalha – como Fabricio Del Dongo em A Cartuxa de Parma – para entregar uma carta, abortando um combate decisivo. Um deles lança-se à missão porque sabe que estará salvando a vida do irmão, lá do outro lado. O outro o acompanha. Atravessam o inferno, conversam, enfrentam o perigo. E tudo filmado num único plano sequência. One long shot, duas horas. Não o interior de um museu, como no Alexander Sokurov, Arca Russa. Guerra! Trincheiras, pântanos, florestas, campos floridos, balés de aviões e explosões. Como eles conseguem? Seja como for, conseguem", escreveu em seu blog.

Filmado como um longo plano-sequência, 1917 recebeu os prêmios de melhor filme de drama e de melhor direção, no Globo de Ouro. Sam Mendes é vencedor do Oscar de melhor diretor por Beleza Americana. O longa também havia sido indicado na categoria de melhor trilha sonora original, para Thomas Newman.

O filme traz no elenco George MacKay, Dean-Charles Chapman, Mark Strong, Andrew Scott, Richard Madden, Claire Duburcq, Colin Firth e Benedict Cumberbatch.

O Globo de Ouro 2020 marcou um revés para a Netflix, recordista de indicações, mas vencedora em apenas duas categorias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.