1000 filmes do Merten: Luchino Visconti é opção imperdível

Às vésperas da prometida volta às salas de cinema, no fim do mês, o streaming segue sendo a alternativa segura

Luiz Carlos Merten, O Estado de S. Paulo

21 de julho de 2020 | 03h00

E que tal um grande Visconti para rever na pandemia? Um Jerzy Skolimowski? Às vésperas da prometida volta às salas de cinema, no fim do mês, o streaming segue sendo a alternativa segura. E tem de tudo – clássicos, novidades. As ofertas não param. Aqui vão algumas, e imperdíveis.

Violência e Paixão

O penúltimo longa de Luchino Visconti coloca o astro de O Leopardo, Burt Lancaster, no papel do Professor. Ele vive isolado, mas sua tranquilidade é rompida pela chegada de uma rica família burguesa. O grupo de família, como os famosos retratos do passado, revela tanto as pessoas como seu papel na sociedade. O professor, alter ego de Visconti, grita que não é um reacionário. Em meados dos anos 1970, o neofascismo avançava na Itália, Pier Paolo Pasolini seria assassinado. Sexo, drogas, o poder corruptor do dinheiro. Silvana Mangano, Dominique Sanda, Claudia Cardinale. E, na trilha, La mia solitudine sei tu. #EmCasaComSesc

A Portuguesa

Embora menos conhecida no Brasil que outros autores portugueses, Rita Azevedo Gomes é apreciada no país de origem pela desenvoltura com que transita entre mídias – cinema, teatro, artes visuais. A história da mulher casada e isolada no castelo, no século 17, circulou por festivais e é considerado um de seus filmes mais expressivos. Um bom cartão de apresentação. Mubi

Paris

Cédric Klapisch não é certamente um grande diretor, mas seus filmes têm um encanto particular. O Gato Sumiu, Albergue Espanhol, Bonecas Russas. Paris é bem típico dele. Um homem à espera de transplante, a cidade como personagem. Klapisch chegou a ser comparado ao Robert Altman de Short Cuts – Cenas da Vida e a presença de Juliette Binoche agrega. Mubi

Matança Necessária

Jerzy Skolimowski destacou-se na geração de diretores poloneses da nouvelle vague dos anos 1960, mas fez sua obra-prima na Inglaterra, O Ato Final. A história dos norte-americanos que sequestram soldado no Afeganistão é de 2010. O avião cai numa região gelada. Ele conseguirá sobreviver descalço, e desarmado? E onde está, na Polônia? Vincent Gallo é quem faz o papel. Belas Artes à La Carte

​Uma Noite em Casablanca

O clássico dos irmãos Marx pega carona no romantismo exótico de Casablanca, de Michael Curtiz. Groucho é um desastre como gerente de um hotel no Marrocos, durante a guerra. Seus antecessores foram mortos, há um tesouro escondido, nazistas. Belas Artes à La Carte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.