Zumbis de Rodriguez celebram o trash

Estréia Planeta Terror, que integra o projeto Grindhouse, com Tarantino

Luiz Carlos Merten, O Estadao de S.Paulo

09 de novembro de 2007 | 00h00

Eles nasceram um para o outro. Consagrado por filmes como Cães de Aluguel e Pulp Fiction (Tempo de Violência), no biênio 1993-94, Quentin Tarantino foi desviado do que parecia seu projeto original ao conhecer o cineasta tex-mex Robert Rodriguez. Este se tornou conhecido com um filme que realizou por apenas US$ 7 mil, El Mariachi, misturando elementos de policial e humor. Associados, Tarantino e Rodriguez assumiram que são órfãos dos filmes B de Hollywood que eram exibidos nos ''''grindhouses'''', os velhos cinemas também chamados de ''''pulgueiros'''', que projetavam programas duplos. Assista ao trailer do filme Planeta Terror Para homenagear as matinés de antigamente, Tarantino e Rodriguez desenvolveram o projeto Grinhouse, em que cada um realizou um filme para ser exibido como programa duplo, incluindo trailers de futuras atrações. O fracasso de Grindhouse nos EUA levou ao desmembramento do projeto. À Prova de Morte, de Tarantino, estréia em março do ano que vem. A distribuidora Europa inicia Grindhouse exibindo a parte mais fraca do díptico, Planeta Terror, de Rodriguez.Você pode não gostar do filme de Tarantino, mas ele tem algumas idéias que são interessantes e ajudam a explicar a sensação que provocou em Cannes, em maio. O de Rodriguez é o trash do trash, uma história sobre a humanidade que resiste ao ataque de zumbis. O ideal seria que o público deixasse o cérebro em casa e se concentrasse em comer pipoca e tomar refrigerante. Uma piada é divertida - a heroína que perdeu a perna e a substitui por outra mecânica em que está embutido o trabuco com que mata zumbis.Serviço Planeta Terror (Planet Terror, EUA/2007, ) - Terror.Dir. Robert Rodriguez. 18 anos.Cotação: Regular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.