Woody Allen daria um papel a Carla Bruni

O diretor norte-americano Woody Allen disse que daria qualquer papel a Carla Bruni, primeira-dama francesa, ex-modelo e ex-cantora. Ele falou sobre o carisma de Carla, imaginando-a maravilhosa nos papéis mais variados. Allen a elogiou em entrevista coletiva sobre a estreia na França de seu novo filme, Whatever Works, comédia protagonizada por Larry David. Os elogios começaram após um jornalista perguntar se Allen, ao fazer um filme com alguém poderoso, preferia chamar a rainha da Inglaterra ou dalai-lama, respondeu: "Sem sombra de dúvida, Carla Bruni." Embora não tenha nenhuma ideia para ela, Allen, de 73 anos, diz que vai aproveitar a passagem pela França para perguntar à esposa de Nicolás Sarkozy se há interesse em participar de um filme dele.

Efe, O Estadao de S.Paulo

19 de junho de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.