Volume derrapa ao usar rótulos preconceituosos

Tem alcance. Se não se aprofunda, diz o que é mais necessário saber. Texto ágil, bem traduzido. Prescinde de notas enfadonhas. Não se perde nem confunde o leitor, como muitos textos acadêmicos, com teorizações montadas sobre palavras vazias. Guia de iniciação a Virginia, completa-se ao sugerir outras leituras de publicação bem recente. Só uma coisa está mal resolvida: a aplicação dos rótulos de "louca" e "lésbica", a uma autora que os transcende e sofreu tanto, pode atiçar as chamas de um preconceito caduco. Sendo por demais esquemáticos, são rótulos que soam como ganchos para atrair curiosos. Leonardo Fróes é poeta e tradutor. Verteu, para o português, os Contos Completos de Virginia Woolf (Cosac Naify)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.