Viva o ator

De hoje a 14, o Centro Cultural Banco do Brasil homenageia o grande ator José Dumont. O título da mostra não poderia ser mais expressivo - José Dumont, o Homem Que Virou Cinema!. Reúne 19 filmes nos quais ele participou, entre eles O Homem Que Virou Suco, de João Batista de Andrade, que serviu de inspiração ao título da mostra. O ator paraibano encarnou como poucos o tipo nordestino, presente em filmes como Morte e Vida Severina, Tigipió, A Hora da Estrela, Coronel Delmiro Gouveia, Árido Movie e O Baiano Fantasma, entre outros. Está também em Os Trapalhões no Auto da Compadecida, que teve 2,5 milhões de espectadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.