Violões, sanfonas e arranjadores contemplados em três festivais

Mostras panorâmicas nos palcos do Ibirapuera, da Liberdade e da Consolação

Lauro Lisboa Garcia, O Estadao de S.Paulo

03 de abril de 2009 | 00h00

Além de cantoras, o que não faltam no Brasil são bons instrumentistas. Algumas dessas feras vão exibir suas aptidões em três mostras panorâmicas na cidade. Um deles é o Festival de Cordas da Nova Camerata, que reúne só violonistas no Auditório Ibirapuera. O 1º Instrumental Fecap, no teatro da Liberdade, homenageia os arranjadores. E o projeto Sanfoneando, do Sesc Consolação, mostra as diversas facetas da sanfona.Os violonistas Alessandro Penezzi, Fábio Zanon, Yamandu Costa, Marcello Gonçalves, Zé Paulo Becker, Rogério Caetano e Marco Pereira, responsável pelos arranjos. Pereira faz segredo do resultado, e diz que procurou dar um tratamento de orquestra sinfônica. Para ele, reunir três violões já é um tanto complicado, porque "são instrumentos de acompanhamento". Imagina juntar então sete músicos de personalidades marcantes e estilos diferentes como estes. É um desafio.Durante todo o mês o Teatro Fecap realiza uma série que vai contemplar o trabalho de Laércio de Freitas, Cristóvão Bastos, Luca Raele, Mozar Terra. O projeto começa hoje com o Novo Quinteto interpretando temas com arranjos originais de Radamés Gnattali. "O som hi-fi do quinteto nos remete ao charme dos anos dourados", define Henrique Cazes, guitarrista e diretor musical do grupo. Amanhã, é a vez do fabuloso Nailor Proveta Sexteto, que tem uma formação bem distinta dos tradicionais grupos de choro. O Sanfoneando vai ocupar o Espaço Beta do Sesc Consolação todos os sábados de abril. Quem abre a série é Gabriel Levy, do grupo Mawaca, que mostra as possibilidades universais da sanfona. Em seguida, apresentam-se Olivinho, Renato Cigano e Thadeu Romano. Serviço1.º Instrumental Fecap. Teatro Fecap (400 lug.). Av. Liberdade, 532, 2198-7719. Hoje, 21 h; amanhã, 19 h. R$ 20. Festival de Cordas da Nova Camerata. Auditório Ibirapuera (800 lug.). Av. Pedro Álvares Cabral, s/n.º, 3629- 1075, Pq. do Ibirapuera. Hoje, 21 h; amanhã, 19 h. R$ 30. Sanfoneando. Sesc Consolação (150 lug.). Rua Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. Hoje, 14h30. Grátis. Até 25/4

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.