Quiroga, E-MAIL: astro@o-quiroga.com, O Estadao de S.Paulo

14 de março de 2008 | 00h00

Data estelar: Mercúrio ingressa em Peixes e faz sextil com Plutão, o mesmo que Vênus; a Lua é quarto crescente em Gêmeos.Enquanto isso, aqui na Terra nossa humanidade é apaixonada pelas ínfimas diferenças que tornam cada presença peculiar e única, ao passo que, tudo que nos é semelhante e comum ganha de goleada. Para quem gosta de argumentos físicos, isso se revela em que, geneticamente, 99,9% dos genes são iguais em todos nós, e só 0,1% diferente. Nós queremos que nos entendam e aceitem por esta ínfima porcentagem, e mais, queremos que esse entendimento signifique que a pequena diferença seja universalizada, tornando-se dominante e, assim, com plena satisfação passamos a vida promovendo nada além de nós mesmos. Enquanto isso, a Vida produz a si mesma, nos usando como testemunhas. Vida é a testemunha, Vida é o testemunhado, e Vida, também é o próprio ato de testemunhar.ÁRIES 21-3 a 20-4Para a natureza de seu signo, tudo que for feito às claras será sempre muito melhor do que tudo aquilo que precisar de artimanhas e segredos. Contudo, há tempos que sua alma não consegue fazer as coisas de acordo com a própria natureza.TOURO 21-4 a 20-5Este é o sagrado momento em que o impossível se torna absolutamente viável, e por isso não seria sábio de sua parte se deter para satisfazer desejos menores. Agora é propício dedicar-se com afinco aos assuntos mais cabeludos.GÊMEOS 21-5 a 20-6Nada acontecerá por obra do acaso, ou como efeito do misterioso destino. Você terá de decidir o momento de reunir os ingredientes disponíveis sob o comando da força de vontade. Só assim é que o destino acontecerá.CÂNCER 21-6 a 21-7Agora há possibilidade de real entendimento das partes que se envolveram em conflitos, motivados esses por ninguém arredar pé das exigências, parecendo que tudo ia se estender até o infinito insuportável. Muda o panorama.VIRGEM 23-8 a 22-9Agora vai dar para avançar tudo que até aqui ficou empacado, e isso por obra e graça de as pessoas se entenderem, cederem e, por esta razão, conquistarem mais força trabalhando todas juntas, num todo integrado e harmônico.LEÃO 22-7 a 22-8Sorte na desgraça! Ainda que a luz no fim do túnel tenha começado a mostrar o trem que vinha diretamente na sua direção, as coisas acabarão se mostrando muito mais favoráveis do que a imaginação sombria profetizava. Sorte!LIBRA 23-9 a 22-10Constrangimentos à parte, a vida continua bela e graciosa como sempre. O problema consiste em sustentar a percepção nessa faixa de vibração, lutando constantemente para não se deixar engolfar pela voragem de constrangimentos.ESCORPIÃO 23-10 a 21-11A melhor maneira de multiplicar o valor de tudo que você conquistar será sempre rodear-se de pessoas qualificadas com as quais celebrar toda e qualquer conquista. Desta forma, o entusiasmo se multiplica e os ganhos também.SAGITÁRIO 22-11 a 21-12O excesso de conforto, proteção e segurança acaba confinando a alma num território tão tranqüilo, que ela começa ter a ilusão de que nada mais precisa ser feito, e assim a indolência começaria a dar as cartas do destino. Nada bom!CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1É propício divulgar o resultado de seus esforços, e só isso. A advertência consiste em fazer você evitar o que é normal, propaganda do que ainda não se fez nem nunca se fará. Essa normalidade não é digna de sua natureza.AQUÁRIO 21-1 a 19-2O bem-estar há de ser compartilhado, principalmente com aquelas pessoas que não podem desfrutá-lo, dado se encontrarem sob o feitiço das preocupações. Porém, leve em conta que, talvez, elas desejem mesmo sentir-se mal.PEIXES 20-2 a 20-3Nem tanto para lá, nem muito para cá, as coisas se tornaram possíveis porque nenhuma exigência foi absolutamente satisfeita, nem tampouco as concessões foram totais. O ponto médio é o sagrado intervalo que produz harmonia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.