Vera Egito quebra o suspense e é primeira brasileira em Cannes

Termina hoje o suspense e o Festival de Cannes anuncia às 11h30, horário de Paris - 6h30 no Brasil - os filmes que estarão na seleção da 62ª edição do maior evento de cinema do mundo, que este ano vai de 13 a 24 de maio. Diversos filmes brasileiros lutam por uma vaga na lista - À Deriva, de Heitor Dhalia; Tempos de Paz, de Daniel Filho; e o longa de estreia de Eduardo Valente, No Meu Lugar, o que tem maiores chances, já que o diretor venceu a Palma de Ouro do curta com Sol Alaranjado, e isso lhe garante a vaga, mas ela pode ser na competição (ou não). O que se sabe com certeza é que a animação Up, da Pixar/Disney, será o filme de abertura, dia 12; e Anticristo, de Lars Von Trier, também está garantido entre os selecionados. Variety, a bíblia do show biz, dá como certos os novos filmes de Pedro Almodóvar, Francis Ford Coppola, Michael Haneke, Park Chan-wook, Ang Lee e até o terror de Sam Raimi. Brasileiros, por enquanto, confirmados - no plural - , só os curtas de Vera Egito na Semana da Crítica. Espalhadas pelo Ar, de 2007, ganhou o prêmio ?Descoberta da Crítica Francesa? no ano passado e terá exibição especial no encerramento da Semana. Para a inauguração, foi escolhido outro trabalho da diretora, Elo. A Semana da Crítica, reduto de Esmir Filho, revela em 2009 um novo talento brasileiro para o mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.