Ventos constantes são perfeitos para o kitesurfe

O kitesurfe chegou a Jericoacoara na bagagem dos turistas estrangeiros há menos de dez anos e virou uma febre por toda a região. Os ventos fortes e constantes durante quase o ano todo fizeram deste um esporte tão popular quanto o windsurfe. Prova disso são as escolinhas de kite, que já dominam todo o litoral cearense e piauiense. E estimulam, principalmente de julho a outubro, um turismo mais voltado para o aproveitamento dos ventos."Jeri é um dos melhores lugares do mundo para o kite, pela constância do vento e por ser longe do frio. São oito a nove meses de vento bom", diz Kleber de Pinho Sousa, 26 anos, o Pepe, kitesurfista profissional há seis. Em média, o vento oscila de 28 a 35 nós (mais de 50 km/h) e a temperatura entre 27 e 32 graus. Segundo Pepe, na seleção brasileira de 2007, Jericoacoara pode ser comparada às praias da República Dominicana e da Venezuela."De 8 a 70 anos, qualquer pessoa com a saúde em ordem e resistência pode tentar aprender", diz Paula Salles, dona da agência de turismo Jeri Off-Road, que mantém cursos com 12 horas de instrução a R$ 1.000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.