Divulgaçao
Divulgaçao

Vendida por R$ 215,4 mi, tela de Picasso torna-se obra cubista mais cara

Obra superou as expectativas da casa londrina Sotheby's

AFP

21 de junho de 2016 | 17h01

A pintura Femme Assise (Mulher sentada), do espanhol Pablo Picasso, tornou-se nesta terça-feira a obra cubista mais cara já leiloada, ao ser arrematada em Londres por 43,2 milhões de libras (R$ 215,4 milhões).

A casa Sotheby's informou que esta obra é, além disso, a peça de arte mais cara leiloada nos últimos cinco anos na capital britânica.

A tela, que tinha sido vendida pela última vez há 43 anos, superou as expectativas da casa londrina, que esperava negociá-la por 28 milhões de libras (R$ 139,6 milhões).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.