Uma tarde de chá mudou os rumos da ciência

Nos anos 1920, numa tarde de verão em Cambridge, professores encontraram-se para um chá. Uma das senhoras presentes disse haver diferença no gosto da bebida se o chá fosse adicionado ao leite ou se o leite fosse adicionado ao chá. Ela seria capaz de notar a distinção. Um dos homens, diante das contestações, propôs um teste para a hipótese - o desafio gerou uma das maiores revoluções da ciência no século 20. Em quadros biográficos, o norte-americano David Salsburg narra a história da estatística, que transformou a pesquisa científica. A confiança aumentou em diversos campos, como a medicina, a política e a agricultura. A edição brasileira inclui prefácio sobre a estatística no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.