Uma coletânea especial criada ao longo de 30 anos

Caixa Cultural exibe obras do acervo de Rosely Nakagawa

Camila Molina, O Estadao de S.Paulo

11 de maio de 2009 | 00h00

A exposição 30 Anos de Fotografia, que acaba de ser inaugurada na Caixa Cultural, revela a ligação afetiva, intensa e de longa data com o gênero fotográfico vivida pela curadora e pesquisadora Rosely Nakagawa. Uma seleção de 40 imagens de sua coleção pessoal é apresentada nessa mostra, que reúne obras assinadas por nomes como Thomaz Farkas, Cristiano Mascaro, Fernando Lemos, Mario Cravo Neto, João Musa, Luiz Braga e tantos outros.É um passeio livre pelo gênero fotográfico o que se oferece na exposição, tendo a beleza das composições como ponto principal. A praia, em preto e branco, por exemplo, está nas imagens idílicas e suaves de Carlos Moreira (a de um homem solitário) ou na do momento de um jogo de futebol clicado por Farkas. A coleção de Rosely, que começou a fazer curadorias na década de 1970 e foi responsável pela impulsão da Casa da Fotografia Fuji, é mais "uma coletânea", como diz a crítica e colaboradora do Estado, Simonetta Persichetti. Ainda como parte da mostra será realizada na quarta-feira, às 19 horas, uma palestra sobre o tema Fotografia e Mercado, com a participação de Rosely, Simonetta e de Farkas.Ao mesmo tempo, a instituição apresenta até 14 de junho a exposição Coletivo Potiguar, uma oportunidade para se conhecer a produção contemporânea de fotógrafos do Rio Grande do Norte: Numo Rama, Jean Lopes, José Frota, Erik van der Weijde, Karen Montenegro, Hugo Macedo, Max Pereira e Pablo Pinheiro. E ainda em torno da fotografia, a Caixa Cultural também abriga, até 21 de junho, as mostras A New York Hotel Story, com curadoria de João Kulcsár e imagens feitas pela canadense Nathalie Daoust; e Coração do Brasil, com os registros que a britânica Sue Cunningham realizou de populações indígenas às margens do Rio Xingu. Serviço30 Anos de Fotografia. Caixa Cultural. Praça da Sé, 111, Centro, 3321-4400. 9 h/21 h (fecha 2.ª). Grátis. Até 26/6

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.