Um Incipiente ''Catálogo Dos Heróis''

O repórter mal sofreia a impaciência diante da demora em seguir para Canudos, enquanto perde tempo em Salvador aguardando as ordens do ministro da Guerra, que tardam. Mostra-se cada vez mais interessado não tanto pela guerra quanto pelas pessoas que compõem as hostes inimigas. Nesse sentido, entrega-se a duas tarefas. A primeira consta de elaborar um tosco e incipiente "catálogo dos heróis", à maneira de Homero, e que depois, devidamente enriquecido, será uma parte inesquecível de Os Sertões. Com isso, a silhueta dos adversários vai emergindo das trevas geradas pela propaganda negativa e eles começam a adquirir face humana. A segunda é o registro do interrogatório de um garoto guerrilheiro, que desmente as concepções correntes segundo as quais os canudenses acreditavam numa promessa atribuída ao Conselheiro: a de que os fiéis tombados em batalha seriam objeto de ressurreição.Nada disso surge no interrogatório, muito pelo contrário, exibe-se ali a firmeza nas crenças religiosas e o fito de salvar a alma, respeitando a melhor tradição cristã. Tudo isso vai adensando a possibilidade de que os canudenses não sejam propriamente, como então eram chamados, "jagunços" e "fanáticos", mas antes, como os denominaríamos hoje, freedom fighters.As perguntas a respeito de Antonio Conselheiro deixam transparecer os preconceitos que as fundamentam. Ao afirmar que, ao invés de ser sujo e esquálido, ele era bem tratado e de aspecto respeitável, Euclides mostra como ele mesmo alimentara uma imagem pejorativa. A notar, ainda, a insistência de Euclides em sondar elementos básicos que dizem respeito às refregas. Por exemplo, e nada desprezível, a natureza do equipamento bélico dos conselheiristas. A opinião corrente, verdadeiro fruto de lavagem cerebral, rezava que eles disporiam de armamento de última geração, juntamente com treinadores estrangeiros. Mais uma vez desmentindo-a, o menino responde que só vieram a municiar-se e aparelhar-se com aquilo que tomaram às expedições anteriores, e sobretudo com os despojos que a 3ª, ao bater em retirada, lançara pela caatinga afora.

Walnice Nogueira Galvão, O Estadao de S.Paulo

06 de junho de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.