Um enviado especial à guerra mais devastadora

Um Escritor Na Guerra retrata a situação devastadora na frente oriental durante a 2ª Guerra Mundial. Ele se baseia nos cadernos de Vasily Grossman, em que ele anotava a matéria-prima de suas reportagens. Depois de rejeitado para o serviço militar quando ocorre a invasão alemã, em 1941, Grossman (1905-64) virou o enviado especial do Estrela Vermelha, jornal do Exército Vermelho. Passou 3 dos 4 anos seguintes no campo de batalha, observando a luta mais sangrenta de que se teve notícia. Os textos foram editados e traduzidos do russo para o inglês por Antony Beevor e Luba Vinogradova. Vida e Destino (1960), romance sobre o cerco de Stalingrado, é sua obra-prima, censurada pelo regime soviético.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.