Trecho

Um homem chega para o analista e diz: "Por favor, estou desesperado, se me curar eu lhe darei toda a minha fortuna!" O analista retruca: "Não quero a sua fortuna, apenas 50 libras por sessão." O homem pergunta: "Por que tão caro?" Ao que o analista responde: "Pelo menos você sabe o preço." (...) Sou a droga e parte da cura. Não que muitas pessoas desejem ser curadas. Sua doença lhes dá mais satisfação do que conseguem tolerar. Pacientes são artistas inconscientes de seu próprio sofrimento, e o que eles chamam de sintoma é, de fato, sua vida, e é bom que a adorem!

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.