Reuters
Reuters

Tracey Emin surpreende com nova exposição em Londres

Telas a óleo, desenhos e esculturas da artista ficarão expostos na White Cube

EFE

06 de outubro de 2014 | 17h25

LONDRES – A polêmica artista britânica Tracey Emin revelou nesta segunda-feira, 6, 80 novas obras, entre quadros, desenhos e esculturas, que fazem parte da exposição The Last Great Adventure Is You (A última grande aventura é você, em português). Em exibição na galeria White Cube, em Londres, de 8 de outubro a 15 de novembro, a mostra reflete a evolução de Emin nos últimos anos.

Após meia década de ausência, a artista volta a expor na icônica galeria de Londres. O principal destaque são pinturas e pequenos desenhos que mostram diferentes silhuetas de mulheres, além de esculturas que se confrontam com as instalações que lhe deram visibilidade. Nessa exposição, elas parecem distantes de algumas de suas mais famosas obras, como My Bed, a cama desfeita, que lhe deu fama mundial em 1999.

Para produzir o seu último trabalho, Emin disse que precisou regressar a seu eu mais pessoal. Nessa busca, ela afirmou ter percebido que há 20 anos não conhecia o seu corpo como agora, ou sua mente e suas experiências. “Foi um processo de voltar a me olhar”, destacou a artista.

Apesar de o resultado final das obras poder parecer simples, todas são consequência de um trabalho de três anos, em que Emin diz ter criado, eliminado e adicionado camadas. Nesse período, ela afirma ter tido a sensação de estar de novo na escola e aperfeiçoado e inventado novos traços.

Questionada sobre o que é arte, Emin a qualificou como algo maravilhoso e positivo e a equiparou a uma religião. Ela afirmou ainda que a arte é necessária à vida e, por isso, reivindica a necessidade de os museus serem gratuitos e do ensino artístico nas escolas.

Além das telas, a exposição traz ainda esculturas de bronze e as especialidades da artista, as mensagens criadas com neon. Aos 51 anos, Tracey Emin é também professora da Royal Academy of Arts, conceituada escola de arte do Reino Unido.

Tudo o que sabemos sobre:
Tracey EminArtes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.