Drouet
Drouet

Tela de Manet é vendida em leilão depois de passar 140 anos com família francesa

Desconhecido até o leilão, quadro Minnay é um retrado de um cachorro dado por Manet para a filha de Gautier Lathuille

Redação, EFE

01 de março de 2021 | 11h38

Um cachorrinho pintado por Edouard Manet por volta de 1879, que passou os últimos 140 anos em mãos privadas, foi leiloado por 520.800 euros, mais do que o dobro de seu preço inicial estimado, informou a casa parisiense Drouot nesta segunda-feira, 1º.

pintor impressionista francês (1832-1883) o fez como presente para a filha de Gautier Lathuille, dono do Chez le Père Lathuille, que foi um cabaré famoso e mais tarde um restaurante em Batignolles, no oeste de Paris.

O artista e Gautier, segundo Drouot, mantinham uma boa relação de amizade, como evidenciado pelo fato de Manet também ter dado a ele um retrato de sua filha, exibido no Museu de Belas Artes de Lyon, e outro de seu filho Louis.

A pintura, intitulada Minnay, foi preservada pelas herdeiras da filha e até o leilão, na última sexta-feira, 26, era desconhecida do público em geral.

Manet fez este quadro em apenas alguns minutos, disse Drouot, que avaliou a obra entre 220 mil e 280 mil euros e disse no comunicado que este é um dos oito retratos de cachorros que Manet fez entre 1875 e 1883.

Tudo o que sabemos sobre:
cachorroleilãopinturaEdouard Manet

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.