Sua casa própria para ''pronta entrega''

A quarta edição paulistana do Feirão vai contar com estandes de construtoras, incorporadoras e imobiliárias. Haverá ainda tabelionatos, cartórios e entidades representativas do setor imobiliário, que poderão ajudar o comprador a agilizar o processo burocrático. Além disso, é claro, o visitante poderá contar com a consultoria dos 800 funcionários da Caixa Econômica Federal que estarão trabalhando no evento. "Com essa infra-estrutura, vai ser possível escolher o imóvel, conseguir a liberação do crédito, emitir toda a papelada e fechar negócio, tudo em um dia só", garante Luiz Carlos Previlato, gerente regional da Caixa.A oferta de crédito pré-aprovado é outra novidade da Caixa que pode facilitar a venda de imóveis neste ano. A instituição financeira analisou o cadastro de um milhão de clientes que pleitearam a concessão de crédito. Os 100 mil correntistas que foram avaliados positivamente receberam nos últimos dias uma carta com o valor do financiamento disponível, que já pode ser usada para aquisição de imóvel no evento.Para Previlato, essa agilidade nas negociações pode ajudar o Feirão a chegar ao número de 22 mil negócios fechados, ainda que nem todos sejam concretizados no evento. "Além disso, contamos também com o bom momento do mercado imobiliário para fazer desta edição a mais bem sucedida da história dos Feirões", declara o gerente da Caixa.DOCUMENTOSO que levar para fechar negócio no diaCarteira de Identidade (RG)Cadastro Pessoa Física (CPF) Holerite ou Declaração de I.R.Certidão de nascimento ou de casamentoCadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) se empresárioTítulo de eleitorComprovante de endereço

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.