Spielberg vai filmar vida de Luther King

O estúdio DreamWorks de Steven Spielberg adquiriu os direitos de levar para o cinema a história de Martin Luther King, ícone do ativismo pelos direitos civis nos Estados Unidos e no mundo. Spielberg e seu sócio Stacey Snider tentavam havia anos obter a permissão legal para produzir o filme. "Estamos honrados por esta oportunidade. Esperamos que o poder criativo do cinema e o impacto da vida do doutor King possam ser combinados para apresentar uma história de poder inegável", disse Spielberg. King foi assassinado em 1968 em Memphis, quando tinha 39 anos. Foi a pessoa mais jovem a receber o prêmio Nobel da Paz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.