SP vai reunir nata da música instrumental

Escola Portátil, do Rio, abre inscrições para a festa do chorinho em fevereiro

O Estadao de S.Paulo

07 de dezembro de 2007 | 00h00

No ano que vem, São Paulo será, pela segunda vez consecutiva, palco de um dos mais importantes, embora recente, eventos da música instrumental brasileira: o 4º Festival Nacional de Choro, de 9 a 17 de fevereiro, no Hotel Fazenda São João, no município de São Pedro. Serão oito dias de imersão total no mais antigo e sofisticado gênero da música popular brasileira, sob o comando dos professores da Escola Portátil de Música e do Instituto Brasileiro do Choro, instituições sediadas no Rio de Janeiro.A Escola Portátil de Música reúne todos os sábados, em seu Núcleo Fixo, na Universidade Federal do Rio, cerca de 600 alunos que recebem formação musical completa, incluindo teoria, prática e história, tendo como base a linguagem instrumental do choro. Uma das mais bem-sucedidas dessas atividades é exatamente o Festival Nacional de Choro, que já teve três edições. É um evento anual, de oito dias de duração, realizado em um hotel-fazenda ou local afastado de grandes centros urbanos, no período de férias escolares, com cursos, oficinas e shows. Para a temporada de 2008 as inscrições podem ser feitas até dia 12 de dezembro na Escola Portátil (21-2242-3597/9266-6050).O festival oferece aos participantes, por uma semana, aulas, oficinas, palestras e shows, tornando-se uma espécie de ''''curso intensivo'''' de choro. Cada edição reúne uma média de 220 alunos de todo o Brasil, além de músicos do exterior. O Festival é gratuito para os participantes, que pagam apenas taxa de inscrição (R$ 40) e a estadia no hotel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.