Show de McCartney em polêmica

Uma organização palestina pediu a Paul McCartney que boicote Israel e suspenda o show marcado para ocorrer no próximo dia 25 em Tel-Aviv. A petição, elaborada pela Campanha Palestina para o Boicote Acadêmico e Cultural a Israel, diz que o Estado de Israel programou o concerto para celebrar seu 60º aniversário e "não há nada a comemorar", afirma a organização no texto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.