Sexta: um bollito moderno

Com duas estrelas Michelin e uma posição consolidada na elite da gastronomia mundial, Massimo Bottura, da Osteria Francesca, apresenta um pouco de sua filosofia culinária, que une tradição e criação de vanguarda. A partir do bollito misto, um clássico italiano, o chef vai mostrar como é possível modernizar até a mais tradicional das cozinhas. Bollito misto non bollito - A tradição em evolução. 6ª (5), 18h30. R$ 120.5/6AULAS11h Novos Baianos 1 - Produtos do Recôncavo e da Costa do CacauEdinho Engel e Paulinho MartinsEles já trabalharam juntos, como chef e subchef do Manacá. Anos depois, se reencontraram na Bahia, onde fazem apaixonada pesquisa por ingredientes. Agora, mostram receitas que valorizam sabores do Recôncavo. R$ 80.15h Comida brasileira boa pra chuchuRoberta SudbrackA chef gaúcha resgata ingredientes brasileiros pouco valorizados, de forma a preservar a memória e os sabores de cada alimento, oferecendo a linguagem da alta gastronomia para se expressarem. Nesta aula, ela mostra que chuchu tem, sim, gosto e prepara a receita de lagostim em lâminas de chuchu e leite de amendoim. R$ 60.15h30 Viagens do professor AlainAlain PolettoChef do Dalva e Dito, Poletto investigou tradições e pratos brasileiros para compor seu cardápio. Nesta aula, ele mostra como chegou à forma definitiva de pratos como o porco na lata, recriado com técnica e rigor a partir de receitas do interior de São Paulo e Minas. Ele também faz o prato ?Pintado com Capim Santo e Jambu na Panela?. R$ 90.16h30 O pai, o filho e o espírito franco-brasileiroClaude Troisgros e Thomas TroisgrosClaude é um dos mais famosos chefs do Brasil, integrante de uma família que fez história na gastronomia francesa. Seu filho Thomas, nascido no Rio, é a nova geração do clã. Juntos, eles vão mostrar a visão particular dos Troisgros sobre a cozinha brasileira, unindo sabores típicos e técnicas clássicas. Na aula, preparam ?Espuma de Pequi? e carpaccio de frango. R$ 120.17h Feijoada de entrada, jabuticabas de sobremesaHelena Rizzo A essência é brasileira. A técnica, contudo, vem da nova cozinha espanhola. Ao explicar como surgiram e como são feitas essas duas receitas de sucesso do Maní, a chef Helena vai mostrar uma bem-sucedida união entre a vanguarda e sabores tipicamente nossos. Criatividade, rigor culinário e uma visão bem-humorada das nossas tradições são alguns dos elementos desses pratos. R$ 60.17h30 Cozinha cearense à francesaBernard Twardy Chef do Beach Park, o francês tem uma longa história de amor com o Ceará. Em Fortaleza, ele pesquisou por anos os produtos típicos do litoral e do interior daquele Estado e, usando a técnica que aprendeu na Europa, desenvolveu receitas com jeito de França, mas sabor cearense. R$ 60.18h30 Bollito misto non bollito - A tradição em evoluçãoMassimo BotturaR$ 120.DEGUSTAÇÕES11h Vinhos Do vinho ao vinho naturalMarco DanielleO proprietário e enólogo da vinícola Tormentas explica a trajetória de sua produção, partindo do convencional até abraçar a biodinâmica radical e a abolição do uso de dióxido de enxofre nos seus vinhos. Serão degustados diversos vinhos ainda não disponíveis no mercado, como um Chardonnay experimental. R$ 60.14h30 CafésNovos terroirs brasileiros Ensei NetoO especialista mostra cafés de origens novíssimas, como Sarutaiá (SP), Chapadão de Ferro (MG, vulcânico), Iunas (ES) e Andradas (MG). R$ 50.16h30 Cafés Comparações entre Mogiana e Sul de MinasEnsei NetoDe forma inovadora, as duas mais famosas regiões do café serão comparadas em suas diferenças e afinidades. R$ 50.18h30 Vinhos Tormentas e seus vinhos improváveis Marco DanielleA vinícola Tormentas é o projeto radical de expressão do terroir brasileiro. Sem uso de madeira ou artifícios enológicos correntes, o enólogo Marco mostra seus vinhos peculiares, elogiados pelo crítico britânico Steven Spurrier. Serão provadas diversas safras, de diferentes vinhos. R$ 60.PALESTRA16h Que fruta é essa?Neide RigoA pesquisadora e nutricionista vai apresentar frutas pouco conhecidas no Sudeste, como camu camu, maracujá roxo, canistel, cajá manga, uva japonesa, jenipapo e mana cubiu. R$ 30.DEGUSTAÇÕES DO GRAND HYATT11h Vinhos chilenosMarcelo ReboléSala Degustação Internacional. R$ 90.14h30 Vinhos espanhóis Vinhos exóticos e únicos de Castilla La ManchaRordica Gurgu e Maurício LemeSala Degustação Internacional. R$ 120.16h30 Vinhos portuguesesA diversidade da Estremadura portuguesaRicardo Pinto Correa e Maurício LemeSala Degustação Internacional. R$ 120.18h30 Vinhos argentinos Susana BalboSala Degustação Internacional. R$ 90.ALMOÇOS E JANTARES DO GRAND HYATT12h30 Almoço: Dois nórdicos na cozinha brasileiraSimon Lau e Tommy FranssilaO dinamarquês Lau e o sueco Franssila apresentam como entrada o atum marinado com dill, sorbet de chuchu e tomate com raiz forte, e trazem como prato principal o leitão marinado no poejo, com sapoti caramelizado e redução de jabuticaba, purê de inhame e de pinhão. Com harmonização de vinhos opcional (R$ 70). Restaurante Grand Caffè. R$ 95. 12h30 Almoço: O sabor da FrançaGregory ContanceauDe entrada, o chef serve ?Mexilhão à la Rochelle?, e como pratos principal o robalo salteado, com purê de mandioquinha e polvo de Recife, com molho de peixe ao açafrão. Com harmonização de vinhos opcional (R$ 90). Restaurante Eau. R$ 120. 17h Happy hour: Caipirinhas com petiscosRodrigo Oliveira e Derivan de SouzaAs caipirinhas preparadas pelo mestre Derivan serão servidas com petiscos do Mocotó, como ?Dadinho de Tapioca com Queijo de Coalho?, mocotó, mocofava e pastel de paçoca de carne de sol. Upstairs Bar. R$ 60 (inclui bebidas e petiscos).20h Jantar: Novos BaianosEdinho Engel, Marc Le Dantec, Beto Pimentel e Paulinho MartinsCada chef assina um prato. Engel prepara ?Peixe dos Guimarães?. Le Dantec faz um prato com cordeiro de Itiuba (BA) da raça Dorber/Santa Inês. Pimentel apresenta ?Fuxico Baiano? (com lagosta, camarões e polvo). E Martins traz a ?Nova Trilogia de Clássicos Baianos?, com opções que levam camarão rosa, carpaccio de carne de sol ou queijo de coalho grelhado.Com harmonização de vinhos Lídio Carraro, entre outros. Restaurante Grand Caffè. R$ 240.20h Jantar: A gastronomia camponesa (e com uma estrela Michelin) da CatalunhaOriol e Miguel RoviraOs Rovira trazem da Espanha pratos como o ?Caldo de Galinha Tíbio? (especiarias com legumes, bucho de bacalhau, linguiças ?Butifarras? pretas e pescado da costa), além de ?carnilera? de boi ao vinho tinto com pera, limão e canela. Com harmonização de vinhos Carmelo Rodero, e outros. Restaurante Eau. R$ 280.20h Jantar: Culinária nipo-brasileiraAdriano Kanashiro e Shin KoikeA dupla vai preparar pratos como o mero grelhado com misso e cajá, creme de tofu e horenço, e o contrafilé de kobe, com tarê de graviola e cogumelos com nirá e queijo de coalho à milanesa oriental.Com harmonização de diferentes cervejas. Restaurante Kinu. R$ 200.20h Jantar: Conversa entre Brasil e PeruCarla Pernambuco e Coque OssioOs chefs servem como primeiro prato o camarão em crosta de quinoa sobre causa de aipim, molho de coco e abacaxi. O prato principal será costela de cabrito saltada peruana, com tagliatelle de pupunha na manteiga de garrafa. Com harmonização de vinhos. Grand Ballroom I. R$ 240 (esgotado).20hJantar: Produtos brasileiros com tradução argentinaFernando Trocca e Paola CarosellaO risoto de tomates defumados e queijo mascarpone é o primeiro prato dos argentinos Trocca e Carosella. Ele será seguido por paleta de cordeiro braseada com salada de batatas e lentilhas. De sobremesa, triffle de chocolate amargo, caramelo, doce de leite e creme fraiche. Com harmonização de vinhos Susana Balbo, entre outros. Palm Ballroom I. R$ 240.20h Degustação de vinhos: Tango e VinhoBoris Dávila A apreciação de vinhos será acompanhada por canapés argentinos, preparados pelo chef Boris Davila, além de show de tango com Cecilia Aime. Upstairs Lounge. R$ 120.

, O Estadao de S.Paulo

02 de junho de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.