Zakee Kuduro
Zakee Kuduro

Sebastião Januário traz suas obras na exposição 'Cores Para Esquecer'

Já a mostra 'Viúvas de Maridos Vivos', de Leandro Junior, fala sobre as mulheres que ficam sozinhas enquanto maridos procuram por trabalhos

Danilo Casaletti, Especial para o Estadão

01 de abril de 2022 | 05h00

Cores para Esquecer      

A exposição Cores para Esquecer, do pintor e desenhista Sebastião Januário, traz obras produzidas entre 1970 e 2022 – 11 delas inéditas, iniciadas nos anos 1970 e finalizadas para a exposição. Em sua arte, Januário reflete temas como a ancestralidade e a fé. A mostra é a primeira individual do artista em 24 anos. 

 

Abertura: sáb. (2). 3ª a 6ª, 12h/19h; sáb., 11h/17h. Galeria Periscópio. Al. Lorena, 1.257, casa 4, Jd. Paulista. Gratuito. Até 30/4.

Mulheres de Barro

A mostra Viúvas de Maridos Vivos, de Leandro Junior, retrata as mulheres que ficam sozinhas enquanto os maridos viajam em busca de trabalho. As pinturas, acima de 2 metros de altura, são feitas com barro do Vale do Jequitinhonha (MG). Uma escultura homenageia a Padroeira do Quilombo de Cuba, na figura de N. Sra. Aparecida. 

 

Abertura: dom. (3). 3ª a dom., 11h/17h. Museu de Arte Sacra de São Paulo. Av. Tiradentes, 676, Luz. R$ 6. Até 5/6.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.