Romance trata de um amor maldito e de vingança

Publicado em 1847, este romance representa um distanciamento radical da tradição literária vitoriana e tem a forte influência da poesia de Percy Shelley, do estilo gótico e rebuscado de Horace Walpole, autor da novela gótica O Castelo de Otranto, e de Mary Shelley, autora de Frankenstein. Apesar de ser considerada um clássico da literatura inglesa, a obra que fala da história de um amor amaldiçoado e de vingança recebeu duras críticas, como a de que era mórbida e violenta. O livro de Brontë (1818-1848) foi adaptado dezenas de vezes para o cinema, o rádio e televisão. A versão do diretor William Wyler, de 1939, com o ator Laurence Olivier, transformou-se em um dos maiores clássicos do cinema.

O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2024 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.