© Succession Pablo Picasso | AUTVIS, Brasil, 2016
© Succession Pablo Picasso | AUTVIS, Brasil, 2016

Retrospectiva de Picasso é inaugurada no Rio

Depois de vista por 385 mil pessoas em São Paulo, 'Picasso: Mão Erudita, Olho Selvagem' chega à Caixa Cultural do Rio

Camila Molina, O Estado de S. Paulo

13 de setembro de 2016 | 12h00

Depois de apresentada no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, onde foi vista por 385 mil pessoas, a exposição Picasso: Mão Erudita, Olho Selvagem, é inaugurada para o público nesta terça-feira, 13, na Caixa Cultural do Rio. A retrospectiva reúne mais de 100 obras do espanhol Pablo Picasso (1881-1973), entre pinturas, desenhos, gravuras, cerâmicas e algumas de suas experimentações com fotografia pertencentes à coleção do Musée National Picasso-Paris, e perpassa todas as fases de sua produção artística. Com entrada gratuita, a mostra ficará em cartaz no Rio até 20 de novembro.

Picasso: Mão Erudita, Olho Selvagem, com curadoria de Emilia Philippot, do museu parisienese, traz ao Brasil algumas obras referencias da versátil carreira do gênio, como o óleo sobre madeira A Morte de Casagemas, de 1901; um belo autorretrato do pintor, de 1906; Paul en Arlequin, de 1924, retrato do filho do artista, uma das preciosidades da exposição; Figuras à Beira do Mar, de 1931; e O Beijo, de 1969.

Desde uma pintura realizada pelo artista aos 14 anos, o visitante tem a oportunidade de contemplar trabalhos das famosas fases Azul e Rosa do espanhol, seus estudos para Les Demoiselles d'Avignon (1907), criações cubistas e neoclássicas e as concebidas durante e após os anos de Guerra. "A coleção do Musée National Picasso-Paris constitui um corpus único que possibilita abordar o homem e sua obra em toda a sua complexidade", afirma a curadora.

Depois da Caixa Cultural do Rio, a retrospectiva Picasso: Mão Erudita, Olho Selvagem seguirá para Santiago do Chile, onde será apresentada, de 13 de dezembro a março de 2017 no Palácio de la Moneda da cidade.

A visitação na Caixa Cultural do Rio (Avenida Almirante Barroso, 25, Centro) poderá ser feita de terça-feira a domingo, das 10 horas às 21 horas. Mais informações pelo telefone (21) 3980-3815.

Tudo o que sabemos sobre:
Pablo PicassoPablo Picasso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.