Tolga Akmen/AFP
Tolga Akmen/AFP

Retrato de David Hockney feito por Lucian Freud é vendido por US$ 20 milhões

Quadro foi pintado em 2002 e superou as estimativas da Sotheby's

Redação, AFP

30 de junho de 2021 | 11h00

Um retrato do pintor britânico David Hockney realizado pelo seu homólogo Lucian Freud foi leiloado nesta terça-feira, 29, por 14,9 milhões de libras esterlinas (US$ 20 milhões de dólares) em Londres, anunciou a casa de leilões Sotheby's.

As estimativas iniciais eram de uma venda entre 8 milhões e 12 milhões de libras esterlinas, para um quadro que não foi exibido em público desde a exposição Freud de 2012 na National Portrait Gallery, na capital britânica.

David Hockney, um dos artistas vivos mais caros do mundo, aparece com o queixo levemente franzido, os óculos um pouco inclinados, "em plena reflexão, mostrando sua simpatia e curiosidade", explicou a Sotheby's.

A pintura foi feita na primavera e verão de 2002 durante um encontro entre esses dois "titãs" da arte britânica, explicou Sotheby's. Freud, falecido em 2011, tinha então cerca de 80 anos, e Hockney 65.

"Foi uma experiência memorável e agradável", declarou David Hockney. "Seu retrato me pareceu muito bom. Todas as horas que passei posando aparecem. [Hockney] sempre acrescentava, raramente removia algo. E isso é claramente perceptível", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.