Restauro milionário vai ao palco

Dois instrumentos musicais que passaram por restaurações milionárias estréiam no mês que vem num concerto da Universidade de Chicago. Um grupo de especialistas levou três anos e mais de US$ 3 milhões para restaurar um órgão da década de 1920 e um carrilhão, de 1932, classificado pela universidade como "o segundo maior do mundo". Os tubos do órgão chegam a ser tão alto quanto um prédio de quatro andares. O concerto será realizado no dia 7 de junho, na capela da universidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.