República das pessoas

Data estelar: Marte em quadratura com Saturno e trígono com Júpiter; a Lua míngua no signo de Áries.Enquanto isso, aqui na Terra nossa humanidade individualista trocou as bolas. De tanto exaltar o valor dos indivíduos esqueceu que as repúblicas, formas de governo cujo destino é atender ao interesse geral dos cidadãos, são feitas de leis e não de pessoas. Assim, a república das leis transformou-se em república de pessoas, de onde resultam os desmandos que não provocam mais a devida indignação, porque os cidadãos não são mais educados no sentido de serem constantemente conscientes da distinção radical entre um conceito e outro. A república das pessoas visa atender ao interesse dos poucos privilegiados que não têm pudor algum na prática dos desmandos. A república das leis atenderia o interesse geral dos cidadãos.ÁRIES 21-3 a 20-4Os grandes voos prosseguem com absoluta coerência e fluidez, mas o mesmo não se pode dizer da mínima organização da vida cotidiana. Será necessário encontrar um ponto de equilíbrio, para que uma coisa não atrapalhe a outra.TOURO 21-4 a 20-5Satisfazer todos os desejos seria a glória, mas também o inferno porque, que desejos há ocultos em sua mente que só aparecem em sonhos, talvez em pesadelos? O Universo é sábio e limita a possível realização dos desejos.GÊMEOS 21-5 a 20-6Quando as coisas deixam de ser engraçadas é quando a alma perde o rebolado. Esse sempre será o momento de maior vulnerabilidade, porque levar a sério demais os problemas é confissão da incapacidade em administrá-los.CÂNCER 21-6 a 21-7O problema de guardar sentimentos porque na hora em que surgem pareceria contraproducente manifestá-los reside em que, depois, a alma perde o fio da meada e quando explode já não sabe mais a verdadeira razão do fato.LEÃO 22-7 a 22-8Sacrificar a segurança em nome de criar bons relacionamentos seria um passo bastante arriscado. Porém, este é um momento da vida em que as medidas tradicionais e ortodoxas não garantiriam os mesmos resultados de outrora.VIRGEM 23-8 a 22-9Tomar atitudes rígidas e severas argumentando que essa seria a única maneira de lidar com a situação é, também, escolher que o destino disponha uma forma de fazer você mudar essa postura, que é inútil e contraproducente.LIBRA 23-9 a 22-10Grande parte do sentimento de culpa é não apenas inútil quanto contraproducente também. Neste momento, por exemplo, você precisaria mais do despudor do que da culpa para avançar, pois o terreno é desconhecido e misterioso.ESCORPIÃO 23-10 a 21-11Seria impossível colocar em prática as inovações sem que ondas de resistência se alçassem contra você. Ainda que tais inovações sejam o melhor que poderia acontecer, sempre haverá pessoas agarrando-se ao passado e resistindo.SAGITÁRIO 22-11 a 21-12Há pessoas que decidem fazer a vida difícil de seus semelhantes, mas quando são questionadas a esse respeito negam tudo de forma terminante. Aí fica você tendo de lidar com a situação que beira o absurdo e o psicodélico.CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1Tentar explicar tudo que você tenta colocar em marcha atualmente seria atrapalhar-se e confundir-se. Melhor deixar as explicações para depois, inclusive porque os resultados concretos explicariam tudo por si mesmos.AQUÁRIO 21-1 a 19-2Sentir-se na crista da onda é muito legal, mas é o momento que requer mais cuidado, pois é quando acontecem os maiores disparates por causa da impulsividade. Dizer isso não significa cortar o barato, mas evocar a sabedoria.PEIXES 20-2 a 20-3As dificuldades devem necessariamente acontecer antes de qualquer outra coisa. Veja nisso a sabedoria do Universo em marcha, colocando você em alerta para que tudo corra da melhor forma possível a maior parte do tempo.

Quiroga, e-mail: astro@o-quiroga.com, O Estadao de S.Paulo

10 de agosto de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.