Record edita sexo

Rede altera cenas à revelia do autor

Patrícia Villalba, O Estadao de S.Paulo

23 de abril de 2009 | 00h00

Meses antes de estrear Poder Paralelo, o autor Lauro Cesar Muniz explicou, em entrevista ao Estado: "É uma novela de adultos, para depois das 22 horas." Mas agora, novela no ar, a direção da Record tem ordenado cortes em algumas cenas. E o alvo da chefia não são as explosões da máfia, muito menos as mordidas que Tony Castellamari (Gabriel Braga Nunes) dá na própria mão: são as cenas de sexo.A censura interna não chegou ao texto, apenas a imagens consideradas "fortes". Mas a ameaça paira no ar. O autor até já teria pedido à direção da emissora que qualquer mudança seja discutida previamente com ele.Na Record, a posição oficial é que o procedimento faz parte do controle de qualidade da casa e que é rotineiro para todas as novelas da casa.Há duas semanas no ar sem intervalos comerciais, Poder Paralelo tem registrado boa média no ibope para o horário (22h30), de 14 pontos. Na próxima terça-feira, com o fim de Chamas da Vida, o novelão passa para as 22 horas e finalmente exibirá uma abertura, embalada pela música Belíssima, na voz da italiana Laura Pausini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.