Eduardo Muñoz/ Reuters
Eduardo Muñoz/ Reuters

Rainha Elizabeth II anula condecoração de Harvey Weinstein

Ex-produtor de Hollywood, que cumpre pena de 23 anos por estupro, não pertence mais à Ordem do Império Britânico

AFP, O Estado de S. Paulo

19 de setembro de 2020 | 14h54

A rainha Elizabeth II anulou a condecoração do ex-produtor americano Harvey Weinstein, que havia sido concedida a ele antes do escândalo das acusações de abuso sexual que o levaram à prisão, informou um comunicado oficial nesta sexta-feira, 18. Weinstein cumpre pena de 23 anos por estupro. Em 2004, ele foi nomeado Comandante Honorário da Divisão Civil da Ordem do Império Britânico, por sua contribuição para a indústria cinematográfica britânica.

Essa condecoração "fica anulada para todos os efeitos e o seu nome será apagado do registo da referida Ordem", explicou o The Gazette, o diário oficial do Estado britânico. As condecorações reais são outorgadas pelo Palácio de Buckingham, que por sua vez pode revogá-las se julgar necessário. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.