Quem paga para ver

TV por assinatura Pesquisa: 74% dos assinantes estão na TV aberta

Etienne Jacintho, O Estadao de S.Paulo

19 de dezembro de 2008 | 00h00

A Globosat divulgou a pesquisa Hábitos & Consumo de 2008, que mapeia os assinantes dos canais do grupo e faz uma análise do crescimento da TV por assinatura no mercado brasileiro, que fecha o ano com presença em 5,4 milhões de domicílios no País. Mesmo entre esses assinantes de TV paga, o hábito de sintonizar um canal aberto ainda é forte. Em 2001, de cada 100 pagantes de TV, 76% assistiram a canais abertos e 24%, a canais fechados, das 19 à 1 hora. Em 2008, a TV por assinatura registrou uma alta de 2 pontos porcentuais e a divisão ficou em 74% para a TV aberta e 26% para a TV por assinatura. O crescimento da audiência total, durante todo o dia, também foi de 2 pontos porcentuais. Em 2001, a TV aberta contava com 73% de sintonia, ante 27% da TV paga. Em 2008, essas fatias mudaram para 71% e 29%. Os dados são do Ibope, que analisa números da Grande São Paulo e do Rio e compara o 1º semestre de 2001 com o 1º sementre deste ano. Entre os consumidores dos principais canais Globosat - Multishow, GNT, GloboNews e SporTV -, um dado interessante é que 52% deles são solteiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.