Quem foi o dramaturgo

MÁRTIR: Sartre referia-se ao romancista e dramaturgo Jean Genet como um santo, apesar de suas diversas passagens pela cadeia por roubo e diversos outros crimes, condenados com a prisão perpétua - pena comutada depois que o filósofo, ajudado por Picasso e outras importantes figuras da intelectualidade francesa, recorreu ao presidente da República. Genet nunca mais voltou à prisão. Virou escritor, publicou suas memórias do cárcere em Diário de um Ladrão (1949) e começou a escrever peças, das quais a mais célebre é O Balcão, montada no Brasil em 1969 por Victor Garcia com produção de Ruth Escobar..Antes de sua estreia teatral, Genet havia escrito Nossa Senhora das Flores (novela de 1944 adaptada para o palco) e poemas. Suas peças, de modo invariável, tratam do confronto entre proscritos e seus opressores, encenado de modo quase litúrgico.

Entrevista com

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.